segunda-feira, 13 de abril de 2009

O que acontecerá com o planeta Terra em 2012?



Por Moacir Sader

Além da Internet que quase sempre trata todos os assuntos de forma intensa, tem sido visto ultimamente, não mais de forma rara os meios de comunicações e, agora, também o cinema tratarem sobre o ano de 2012 como sendo aquele ano em que ocorrerão transformações substanciais na Terra.

No meu livro, “Viagem à cidade espiritual de Necanerom”, publicado em dezembro de 2007, no capítulo: “Nova Era sendo implantada”, falei sobre o ano 2012, como sendo a data provável para o final da atual era e a implantação de novo tempo terreno, com enfoques, entre outros, em mensagens canalizadas, visões científicas, calendário Maia e minha experiência em viagem astral ao dia “D” em que tudo irá acontecer.

Neste artigo, interligarei as previsões Maias, do Código da Bíblia, do terceiro segredo de Fátima, das imagens visionárias de Nostradamus insertas do seu livro recém encontrado; tudo nos levando ao ano de 2012 como sendo um marco definitivo da Terra.

2012 no cinema

Sobre o futuro do planeta, 2009 foi o ano escolhido por Hollywood para o lançamento da mega-produção cinematográfica intitulada:"2012".

O diretor desse filme, Roland Emmerich, (o mesmo diretor do filme “Dia depois de amanhã”), baseou-se nas previsões Maias, enfocando, no filme, o alinhamento planetário e a inversão dos pólos, com grandes tsunamis. Esses acontecimentos poderão tornar o planeta desabitado, segundo a história do filme "2012".

Para 2010, outro filme americano irá tratar também sobre o ano 2012. Com o título original: “2012, the war for souls” (“2012, guerra pelas almas”), o diretor Michael Bay abordará as grandes transformações espirituais que irão acontecer em 2012.

Essas divulgações em massa realizadas cada vez mais sobre o ano de 2012 fazem parte de planejamento astral e não têm por finalidade aterrorizar as pessoas, e, sim, objetiva basicamente sacudi-las em definitivo para os momentos decisivos que se aproximam. Espera-se que cada um desperte, enfim, para criar (individual e, depois, coletivamente) um novo paradigma para o planeta, pois o atual modelo é decadente e está longe do que seria o ideal de um planeta/lar.

Os Maias

Ainda que o cinema esteja voltado agora para as previsões Maias, o amigo leitor irá concordar que o pesquisador sobre o tema, na Internet, há muito tempo já associou o ano de 2012 às previsões feitas pelo povo Maia.

Sobre os Maias, vale dizer, essa fantástica civilização viveu há mais de três mil anos, habitando a região desde o sul do México até a Guatemala, tendo notabilizado por enorme capacidade em Astronomia. Foi exatamente por intermédio desse especial conhecimento que os Maias passaram a fazer profecias, sendo mais famosa a previsão referente ao ano de 2012.

O que diz exatamente essa profecia? Segundo os Maias, a existência da vida no planeta Terra estaria regulada por ciclos temporais de 26 mil anos. Essa informação bate praticamente com os conhecimentos científicos que calcula o tempo de 25.800 anos para o movimento de precessão da Terra (deslocamento de eixo).

Os Maias dizem que esse tempo de 26 mil anos seria ainda dividido em ciclos menores de 5.125 anos. Em cada final de ciclo, ocorrem grandes transformações na Terra. Pelo calendário Maia, o quarto ciclo se deu em 3113 a .C, data atribuída por historiadores como sendo aquela em que ocorreu o dilúvio bíblico.

Se de fato o quarto ciclo teve o seu final em 3113 a .C, podemos ver que quinto ciclo se dará exatamente em 2012, pois basta somar 3113 com 2012 para se obter 5.125 anos. No meu livro já citado, comentei sobre o período “sem tempo”, iniciado, segundo os Maias, em 1982, culminando o seu final em 21/12/2012.

Período sem tempo

O que vem a ser esse período “sem tempo”? Ele corresponde a um fato percebido ultimamente por todas as pessoas: as horas, os dias, os anos estão passando mais depressa. Isso não é só percepção. Segundo os estudos dos cientistas americanos Terrence e Dennis Mckenna também referenciado no meu livro, o universo é um holograma de 64 ondas ou escala de tempo. Segundo dados obtidos em programa de computador, os dois cientistas concluíram que o total das 64 ondas atingirá simultaneamente o ápice em 2012.

Quanto mais se aproxima essa data limite da escala de tempo, mais se verifica a aceleração temporal, visto que a vibração energética da Terra se amplia, gerando mudanças de toda a ordem, física e de consciência. Daí, a sensação sobre o encurtamento dos dias. Isso de fato está acontecendo.

Código da Bíblia

O ano de 2012 também aparece de forma destacada no Código da Bíblia. E o que seria esse Código?

Em 1994, o matemático israelense Eliyahu Rips e dois colegas publicaram um trabalho acadêmico intitulado “O Código da Bíblia”, versando sobre previsões futuristas encontradas na Bíblia. Segundo tal estudo, as profecias estão escondidas na Bíblia e podem ser reveladas por intermédio de programa computadorizado que busca palavras-chaves, com letras surgidas em intervalos regulares. Com essa pesquisa computadorizada, muitas questões ligadas ao passado e também ao futuro podem ser obtidas de modo surpreendente.

Como exemplo de fato histórico ocorrido no passado, posso citar a busca feita na Bíblia, a partir da digitação do nome “holocausto”. Surgiram, como resultados, as seguintes palavras: “Hitler”, “homem mal”, “nazista inimigo” e “massacre”.

Ainda com relação à catástrofe do passado, o Código da Bíblia mostrou duas palavras “asteroide” e “dinossauro”; evidenciando que o fim daquela Era Cenozoica, em que os dinossauros foram extintos se deu em face do choque de asteroide com a Terra.

Sobre o futuro, considerando o tema deste artigo, citarei o que foi obtido quando digitado o ano de 2012. O Código mostrou as seguintes palavras relacionadas: “Terra aniquilada”.

Seria então o fim? É pergunta que logo vem à mente. Penso que não. Quando questionado sobre a possibilidade de o homem mudar o futuro catastrófico, o Código da Bíblia evidenciou as seguintes palavras: “Adiado”, “Vocês o mudarão?”; “Vocês Adiaram” e “Eles Adiaram”.

Então, devo reconhecer que existe esperança, nós podemos criar a esperança, edificando-a em nós e depois em todo o planeta, pois, é certo que podemos mudar o futuro. Além disso, temos seres espirituais e planetários ajudando nesse processo de evolução sem dor. De fato, cabe a nós aceitar esse ajuda e fazer, evidentemente, a nossa parte. Isso ficou evidente nas palavras encontradas na Bíblia e reproduzidas no parágrafo anterior.

Os segredos de Fátima

Ainda no campo religioso, até por causa do vínculo que será visto mais à frente, quando estarei tratando das previsões de Nostradamus, vele referenciar acerca da terceira revelação de Fátima.

Das três revelações feitas por Maria (Nossa Senhora) às três crianças (Lucia, Jacinta e Francisco) em Fátima, Portugal, no ano de 1917, duas foram divulgados pela Igreja em 1941 e teriam correlações com as duas grandes guerras mundiais.

O terceiro milagre ficou bem mais tempo guardado, vindo à tona somente no ano de 2000 com a divulgação oficial. Segundo a Igreja, o terceiro milagre teria ligação com o passado, com a luta espiritual travada nos anos 20 entre a Igreja Católica e a Rússia comunista.

Muitos pesquisadores, inclusive pertencentes à própria Igreja Católica, não acreditam que o terceiro milagre tem a ver com o passado, mas, em verdade, se refere ao futuro. A suspeita maior se deu em razão de se saber que existem dois textos escritos por Lúcia, escritos quando ela já havia se tornado freira. Um dos textos compõe-se de 62 linhas e outro, menor, contém apenas 25 linhas. Somente um deles foi oficialmente divulgado no ano de 2000.

Outra questão impacta os pesquisadores sobre a terceira revelação: sabe-se que o Papa, quando tomou conhecimento do terceiro milagre, acabou chorando. É sensato concluir que se efetivamente o terceiro segredo tivesse relação com algo do passado, não haveria razão para tal sofrimento.

Veja o que Maria mostrou às crianças (3º segredo) e tire as suas conclusões se tal narrativa tem a ver com o conflito do passado (Igreja e Rússia) ou de algo futurista:

O Papa percorre uma grande metrópole em ruínas. Com ele seguiam alguns membros da Igreja Católica. Subindo uma montanha, a comitiva vê no alto uma cruz feita precariamente (dois paus amarrados). Diante da cruz, todos se ajoelham. Nesse momento, aparecem vários soldados, disparando suas armas contra o Papa e contra todos os outros. Não houve sobreviventes.

Talvez quando for divulgado o outro texto escrito por Lúcia sobre a terceira revelação, poder-se-á ter certeza do que efetivamente se tratou o terceiro segredo de Fátima. O certo, pode-se concluir de antemão, é que ele tem a ver com futuro e não com o passado. Isso parece obvio a todos, até porque cada segredo previu acontecimentos ligados ao tempo linear: 1º e 2º guerras mundiais. Por que o terceiro segredo não teria essa mesma cronologia?

Ao que parece, essa última revelação de Fátima aponta para destruição da cidade-estado do Vaticano, como também do maior alicerce espiritual da Igreja, o Papa. Daí, sim, é possível entender a imensa tristeza do Papa ao tomar conhecimento dos fatos contidos na previsão.

Nostradamus

É importante a referência do terceiro segredo de Fátima, pois na interpretação que faço acima pode ser também concluída quando se analisa as previsões de Nostradamus. Veremos porque.

Nascido no ano de 1503 e falecido em 1566, Nostradamus acabou se tornando um dos mais famosos videntes da história terrena. Ele fez mais de 1300 previsões, todas divididas em centúrias, cada qual com cem quadras (estrofes com quatro versos).

Uma previsão de Nostradamus, que bem poderia ter ligação com a mudança de era, diz respeito ao aparecimento de um planeta ou asteroide de grande proporção afetando o campo gravitacional da Terra. Nesse sentido, vale citar literalmente os versos contidos na quadra 17, Centúria 1:

Por 40 anos ele não aparecerá
Por 40 anos todos os dias se fará visto
A terra árida em seca crescerá
E grandes dilúvios quando for percebido


Na quadra II, Centúria 41, Nostradamus fala também de uma grande estrela que irá queimar o céu por sete dias e a nuvem fará aparecer dois sóis. Já na quadra III, Centúria 70, Nostradamus diz que haverá um eclipse solar mais obscuro e mais misterioso jamais visto desde a criação do mundo, e será tal que irá parecer que a Terra perdeu a sua capacidade gravitacional, ocorrendo extraordinárias mudanças e poderosos terremotos.

Há muito se fala, através de várias mensagens canalizadas, na chegada de um planeta desconhecido, por muitos chamados de Hercólubus, o qual afetará profundamente o campo magnético da Terra. Muita gente associa essa expectativa também aos versos de Nostradamus, especialmente os reproduzidos acima.

Ao que se sabe, pelo menos em termos oficiais, não há nenhum planeta ou asteroide em rota de colisão com a Terra. Mesmo assim, segundo a própria ciência, os corpos celestiais contemplam em si pouca iluminação, podendo passar despercebido (Isso foi comprovado quando em 02/03/09 um asteroide quase caiu na Terra e pouca cientista soube disso antes – veja no ultima tópico deste artigo). Se um impacto de grande magnitude pudesse de fato acontecer, muitos maremotos aconteceriam, os chamados: “grandes dilúvios” por Nostradamus, além, é claro, de outros cataclismos.

O livro perdido de Nostradamus

Ainda que as previsões de Nostradamus sejam incríveis até porque a maioria se concretizou, nova descoberta trouxe à tona outras previsões de Nostradamus de uma forma ainda mais fantástica.

Em 1994, foi encontrado por uma jornalista na Livraria Nacional da Itália, em Roma, um manuscrito datado de 1629, com o nome de Michel de Notredame (Nostradamus). A autenticidade do livro foi aceita por historiadores, pois ficou comprovado ter sido o livro produzido no século XVI, século em que viveu Nostradamus. Ainda se discute se efetivamente seria de autoria de Nostradamus, visto que o livro apresenta o nome de outro autor, embora o nome de Nostradamus apareça em uma de suas primeiras páginas.

O mais surpreendente desse livro, diferentemente das previsões conhecidas até então, escritas em versos, é que agora, no livro encontrado, as previsões foram feitas por intermédio de impressionantes imagens. As imagens do livro de Nostradamus são em torno de 80 e apontam para o final de Era em 2012.

No meio de muito fogo, em uma das imagens, aparece o anticristo como sendo o responsável por toda a destruição. Nas previsões constantes das Centúrias, Nostradamus previu a existência de 3 anticristos. Muitos interpretam que os dois primeiros foram Napoleão e Hitler. O terceiro irá surgir (ou se mostrar) para atuar nos finais do tempo. Segundo o próprio Nostradamus, em suas Centúrias, diz que ele já está no meio de nós, referindo ao ano de 1999, (ou seria 2009?).

Em outra imagem vemos, após toda a devastação da Terra, a estrela de 8 pontas surpreendentemente com o interior do seu círculo, agora, inteiramente vazio, significando que a roda da vida não gira mais, que o tempo parou exatamente em 2012. É uma imagem forte e clara, referindo-se a um fim, certamente após a devastação mostrada nas imagens anteriores.

Em outra imagem do livro de Nostradamus, é visto uma torre em chamas na parte de cima e com buracos em sua lateral. Os pesquisadores associaram às torres gêmeas (World Trade Center) e o ataque terroristas de 11 de setembro de 2001. Essa data pode significar o prenúncio dos finais do tempo. Um estopim para a deflagração da terceira grande guerra, pois há menção de um líder mulçumano (seria Osama Bin Laden?) como responsável pela evolução terrorista mundial.

É possível deduzir, ainda, pela leitura das centúrias e interpretações das imagens de Nostradamus uma possível guerra entre os EUA e o Irã; a destruição nuclear de Roma; o assassinato do Papa; o violento conflito entre o Ocidente e o Oriente e a queda do poderio dos Estados Unidos, pois, encontramos nos textos de Nostradamus a seguinte passagem: “os céus serão tomados por fogo, os exércitos vermelhos cruzarão do Oeste ao Leste, e a nação suprema irá às ruínas em poucos dias".

O livro de Nostradamus, com imagens fantásticas e, ao que tudo indica, foi escrito e desenhado para a nossa época, devendo, igualmente, ser divulgado em nosso tempo como alerta, para nos prepararmos ou, como defendo, para podermos mudar os fatos futuros. Acredito, por experiência pessoal, que ao acessarmos o futuro, sempre podemos mudá-lo. É preciso, para tanto, haver mudança de consciência espiritual.

Esperança no futuro

Nostradamus falou de um eclipse jamais visto na Terra. Isso me fez lembrar da minha viagem astral ao futuro quando vivenciei um período de 24 horas sem luminosidade solar, já que a Terra havia parado de girar (na outra parte da Terra ocorria um longo dia pleno de claridade solar). Ao retornar o seu movimento, a Terra passou a girar em sentido contrário, ocasião em que os polos foram efetivamente invertidos. Seria o momento limite do “sem tempo” previsto pelos Maias? E, também, o sentido implícito posto por Nostradamus na mensagem da cruz de 8 pontas com seu interior vazio? Certamente, essas previsões nos querem mostrar um zerar do tempo para um novo começo e não um fim definitivo como muitos estão interpretando.

Sobre a terceira guerra mundial tanto prevista por Nostradamus, quando pela última revelação de Fátima, somente poderia acontecer antes de 21/12/2012. Sei que essa guerra já deveria ter ocorrido se forças astrais, que nos auxiliam, não tivessem atuado com interferência positiva. É bom saber que não estamos tão à deriva quanto possa parecer. Só pelo desejo de muitos líderes mundiais, a guerra já teria sido deflagrada e, certamente, com devastação nuclear. Daí, a necessidade de interferência de forças de outros planos, pois tal destruição inevitavelmente afetaria o equilíbrio do universo, inclusive de várias dimensões. E por essa razão, entre tantas outra, a terceira guerra mundial não pode ocorrer.

Por que digo que o tempo para as tragédias planetárias previstas na Bíblia, por Nostradamus e por Nossa Senhora de Fátima estão circunscritas ao limite de tempo até o ano de 2012? É que em 2012 a Terra estará penetrando no portal de luz conhecido como Cinturão de Fótons, quando a energia da terra irá se transformar, em face de poderosa força de radiação eletromagnética.

Quando da entrada definitiva no Cinturão de Fótons, alguns cientistas admitem que a Terra poderá ter dias prolongados sem luz e, após, dias com luminosidade exuberante. Nesse momento, é de esperar mutação energética maravilhosa, a vibração terrena será elevada magnificamente.

2012 – Portal de luz

Os cientistas, de modo geral, contestem a possibilidade de a Terra entrar no Cinturão de Fótons tão referenciado por mensagens espiritualistas. Mas será que podemos confiar na ciência quando o assunto tem a ver com dimensão espacial do universo? Essa minha desconfiança se justifica quando somente em 28/02/2009 (dois dias antes) um programa australiano, que tem por função vigiar possíveis objetos especiais em rota de colisão com a Terra, detectou que a Terra estava correndo perigo de ser atingida por um grande asteroide.

Esse asteroide (do tamanho de um prédio de dez andares) passou no dia 02/03/2009 apenas a 72 mil quilômetros do nosso planeta (apenas o dobro da distância dos satélites em órbita da Terra), o que em termos astrológico é uma distância muito pequena. Se ocorresse o impacto, ele equivaleria a mil bombas atômicas. O que mais surpreendente é que se a rota do asteroide tivesse na direção da Terra, nada se poderia fazer a não ser aguardar o impacto e a suas danosas conseqüências, sendo que a maioria dos países nem sequer saberia de tal risco até que ele se concretizasse ou tivesse muito perto de acontecer. De fato, é de concluir, que pouco sabe ainda a ciência terrena sobre os corpos estelares.

Então, quando vejo alguns negarem peremptoriamente a possibilidade de a Terra penetrar no Cinturão de Fótons, recebo tal notícia com muita reserva. As diversas mensagens canalizadas nos últimos tempos informam, diferentemente do que pensa os cientistas, que a Terra já está realmente entrando no Cinturão de Fótons, daí a aceleração temporal percebida por todos, tudo com o fito de estimular a iluminação espiritual da Terra e de todos que nela vivem. No dia 21 de dezembro de 2012, data destacada pelos Maias e por Nostradamus, a Terra estará totalmente mergulhada no Cinturão e a energia do planeta será outra, dimensionalmente e espiritualmente superior.

Segundo diversas mensagens canalizadas, não haverá cataclismos que possam ensejar o final da vida planetária, a não ser limpezas energéticas próprias do planeta em face, também, do acúmulo de energias negativas em consequência de pensamentos e sentimentos não positivos, tal como falei no livro Viagem á cidade espiritual de Necanerom. Até lá, até 2012, os aconselhamentos espirituais dão conta que é o tempo de se libertar de sistemas de crenças que não coadunam com a verdade espiritual, de romper com os falsos valores que o povo terreno tem se apegado ao longo da vida planetária.

Esse interstício temporal até 2012 nos permite libertar de agrupamentos (sociais e espirituais), para podermos então olhar para o nosso interior e descobri nele os poderes divinos latentes. É tempo, pois, de nos curarmos, de nos elevarmos em termos de pensamentos e sentimentos positivos e passarmos, de fato, aí sim, a ser humanidade, vendo tudo como sendo a nossa imagem, tudo interligado formando a unidade. Curando a si próprio, amando a si mesmo, cada pessoa passará a curar e a amar a todos os seus reflexos, ou seja, a todos os seres viventes no planeta, passando, enfim, a ser verdadeiramente social, coletivo e, em suma, uníssono com o universo.

Modificando-nos interiormente, revitalizando-nos de verdadeiro amor, estaremos energeticamente preparados para o advento da energia que irá vigorar no planeta Terra a partir de 21 de dezembro de 2012. Tal como falei no livro Viagem à cidade espiritual de Necanerom, somente quem puder, espiritualmente, vibrar na mesma frequência da nova Terra poderá aqui viver, os demais irão desencarnar. Será efetivamente a verdadeira separação entre o joio e o trigo referenciado na Bíblia (seleção energética). Nesse momento, nascerá uma nova Terra, uma nova Era, com seres humanos efetivamente anjos, tal como foram criados originariamente para o bem, para o amor.

Desse dia em diante, somente haverá lugar aqui na Terra para o amor. Não há melhor esperança do que visualizar a Terra edificada sobre a bandeira espiritual do amor. Passaremos, então, a fazer parte da grande família cósmica e poderemos encontrar irmãos de outras dimensões para um abraço, enfim, de agradecimento por sua ajuda sempre presente, para que pudéssemos chegar a esse momento espiritual glorioso.

Todas as previsões destacadas nesse artigo são surpreendentes, estão interligadas e coerentes entre si e se constituem em concretas possibilidades. Nós, seres humano-divinos podemos e devemos interferir com pensamentos e sentimentos positivos e, também, com ações para o refazimento dos “destinos” previstos (guerras, cataclismos, domínio de anticristo, etc.).

É hora de despertar, olhar para o nosso interior, descobrir e exercitar o nosso poder e, juntamente com o planeta e com os irmãos em espíritos que nele habitam, mergulhar na Era de Luz, de paz, de amor, hoje e em 2012 com plenitude.

Um comentário:

FABIANA disse...

Muito bom o seu texto. Claro,objetivo, abordando vários temas diferentes, mas relativos entre si. Parabéns!